5.12.12

Recordações #21


Lembro-me que quando era pequena, ali entre os 6 e os 8 anos, nenhum dos presentes de Natal era surpresa na altura de os abrir, na noite de 24 para 25 de Dezembro. Como ao fim-de-semana acordava sempre mais cedo do que os meus pais - aquela maravilhosa fase em que acordava cedíssimo para ir ver os desenhos animados, que só davam àquela hora, não havia cá por casa Pandas e afins - não conseguia resisitir a espreitar os presentes que se iam acumulando por baixo da árvore. Abria muito cuidadosamente, apenas o necessário para conseguir ver o que era, e voltava a fechar e a colocar no sítio, como se ninguém lhes tivesse mexido.

Era a única cusca?

9 comentários:

Sandra Tavares disse...

Ainda hoje faço isso, eheh. Ainda bem que não sou a única.

Quélih disse...

Eu nunca fiz isso... mas o meu marido fazia!!

teardrop disse...

Eu nunca ia ver, mas a minha mana fazia exactamente como tu! Beijinhos

Chic Maria disse...

Não eras a única cusca!!!! Eu tb fazia sempre isso... era mágico! :D

*C*inderela disse...

Era por essas que as prendas só apareciam no dia, para evitar "cusquices" ehehehe.

Bjokas

Anónimo disse...

Eu abria todos quando os meus pais não estavam em casa :)
Beijinhos

S* disse...

ahahah Eu encontrava os presentes escondidos e espreitava.

Se eu pudesse escrevia um livro disse...

Como diz a Sandra, eu também ainda hj faço isso... ahahahaha :P

Petite blonde disse...

Nunca fiz isso! Fico super ansiosa por abrir os presentes, mas aguardo até ao dia :)
Um beijo.