1.9.14

O livro que estou a ler #52 [Terminado]



Um livro que li bastante rápido, dada a sua pequena dimensão (tem pouco mais de 90 páginas) e a escrita deliciosa do autor. Ninguém Escreve ao Coronel é uma novela que nos traz a história de um coronel e da respectiva mulher, que perderam o seu único filho e que esperam há mais de quinze anos pela pensão prometida que tarda em chegar... É apenas o segundo livro que leio deste autor - o primeiro foi Memórias das Minhas Putas Tristes, de que vos falei aqui - mas começo a notar o seu exímio talento para abordar a velhice e tudo o que esta traz consigo. Mais do que a história propriamente dita, agradou-me a sua capacidade de nos transmitir a realidade e os sentimentos deste casal, a solidão que atravessam, as suas dificuldades, a vergonha e humilhação que sentem perante isto, mas também o carinho e companheirismo que os faz enfrentar tudo em conjunto. Tal como disse em relação ao outro livro, este também me parece uma boa opção para quem se quer iniciar nos livros de Gabriel García Márquez.

2 comentários:

Gata disse...

Um livro que está na minha longa lista a ler. Se calhar só o lerei na velhice!

Green disse...

Parece ser muito interessante e recheado de conteúdo.