10.11.14

O livro que estou a ler #60 [Terminado]



E, depois desta leitura, fico com a sensação de que esta autora não é para mim...

Apesar de não saber nada em relação à história antes de pegar no livro, quando comecei a ler e me apercebi de que o tema central era a prostituição e todo o mundo que lhe está associado pareceu-me interessante e fiquei entusiasmada. Mas ao longo da história este entusiasmo foi desaparecendo... A escrita, apesar de simples e fluida, não me conseguiu cativar, nunca consegui gostar verdadeiramente da personagem principal apesar de tudo o que lhe vai acontecendo e quando senti que a autora se começava a repetir percebi o porquê de o livro ter tantas páginas (cerca de 600). Enfim, uma leitura que talvez tivesse sido mais agradável se o livro fosse mais pequeno... (e eu nem sou propriamente avessa a calhamaços... quando a história o justifica!)

Meninas que são fãs da escritora, digam-me: os livros dela são sempre assim? Ou tive azar com este?

15 comentários:

FME disse...

Nunca li... Criei um estereótipo relativamente a este tipo de escritora que é o "Romance para dona de casa" o que não é de todo o meu estilo e então fujo delas :x

Lea disse...

Acho que nunca li nada dela, mas lembro-me de já me ter acontecido o mesmo que a ti...
Parece que têm de encher chouriços para que o livro fique um calhamaço...

Adriana Bastos disse...

Eu especialmente não gosto dos livros dessa autora, pois apesar de tudo acho as historias desinteressantes.

Beijinhos,

Habilita-te a ganhar um Invisibobble à escolha http://fe-mininices.blogspot.pt/2014/11/retificacao-1-giveaway-feminicies.html

DiliciousBlush disse...

Nunca li nada dela...

TehTeh disse...

eu por acaso sempre tive a sensação que não era pra mim haha

xoxo

Green disse...

Nunca li nada dela, mas já sei que esse não irei ler.

Mary disse...

A história não acabou neste livro, continua no livro "A promessa" e aí sim fica concluída a história.
Eu gosto imenso dos livros desta escritora, é certo que existem pormenores que escusavam de ser tão repetidos mas assim por alto gosto bastante ;)

Jo disse...

FME, pois... eu tenho por hábito experimentar ler tudo, mesmo quando tenho algum tipo de preconceito em relação ao autor... porque por vezes tenho algumas boas surpresas. Mas não foi o caso aqui... :/

Lea, torna a leitura tão aborrecida...!

Adriana Bastos, eu só li este... mas no que lhe diz respeito concordo contigo.

DiliciousBlush, e eu acho que me fico por aqui.

TehTeh, eu gosto de ler alguma coisa mesmo quando tenho preconceitos com o autor... assim numa de "tira-teimas". E às vezes a coisa até corre bem... Mas não foi o caso.

Green, tem uma óptima cotação e há imensa gente que adora o livro...! Mas eu realmente não gostei.

Mary, eu sei que ainda há outro... mas sinceramente, depois desta "amostra", fiquei sem vontade de ler.

Sónia TM disse...

Puxa quando não esperamos nada do livro, sabe bem a surpresa, mas nesse caso foi ao contrário..


www.tarasemanias.pt

Pips disse...

Eu não sei porquê mas nunca me chamou muito ler um livro dessa escritora. Pela tua opinião em relação a este livro, acho que vou continuar a ler outros autores xD

Mary disse...

Jo afinal a história ainda vai continuar num terceiro livro que se chama "És o meu destino" que conta a história da filha de Belle, recebi à pouco o alerta do novo livro... Confesso que estou curiosa mas ao mesmo tempo tenho aquela sensação de que vou ficar desapontada.

Jo disse...

Mary, se gostaste dos outros talvez também possas gostar desse :) Mas percebo a sensação: por vezes, quando parece que já estão só a querer fazer render o peixe, a coisa dá para o torto... ;)

Anónimo disse...

Eu ja li 3 livros dessa autora, gostei do procuro_te e do nunca te esqueças, o nunca te esqueças retrata uma história verídica, de uma mulher que foi presa e depois levada para colonizar a Austrália.

Jo disse...

Anónimo, obrigado pelas sugestões. Talvez tente novamente, um dia mais tarde, com um desses dois então :)

C*inderela disse...

Eu por acaso gosto dessa autora e já li esse. O primeiro que li e gostei mais foi o Nunca me esqueças.

Bjokas*