16.12.14

O livro que estou a ler #64 [Terminado]




Gostei bastante! Um conto que merece ser lido. E é tão curto que se lê num bocadinho... Se ainda não leram, aconselho. Fica um pequeno excerto para vos aguçar a curiosidade.
"Loucura? - Mas afinal o que vem a ser a loucura?... Um enigma... Por isso mesmo é que às pessoas enigmáticas, incompreensíveis, se dá o nome de "loucos"... 
Que a loucura, no fundo, "é como tantas outras", uma questão de maioria. A vida é uma convenção: "isto é vermelho", "aquilo" é branco, unicamente porque se determinou chamar à cor "disto" vermelho e à cor "daquilo" branco. A maior parte dos homens adoptou um sistema determinado de convenções: É "a gente do juízo..." Pelo contrário, um número reduzido de indivíduos vê os objectos com outros olhos, chama-lhes outros nomes, pensa de maneira diferente, encara a vida de modo diverso. Como estão em minoria... são "doidos"...
Se um dia porém a sorte favorecesse os loucos, se o seu número fosse superior e o génio da sua loucura idêntico, eles é que passariam a ser os ajuizados: "na terra dos cegos, quem tem olho é rei", diz o adágio: na terra dos doidos, quem tem juízo, é doido, concluo eu."

3 comentários:

Moa disse...

até me sinto mal...não tenho lido absolutamente nada.

L. das horas disse...

Finalmente acabei o orgulho e preconceito que andava a ler há meses! As esperas de hospital aceleraram o processo :) Mas a verdade é que de meio para a frente o livro ficou muito melhor e gostei muito.

Green disse...

Interessante.