31.1.14

O livro que estou a ler #27

Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll

Campanha Haircare

Lembram-se da campanha que a comunidade youzz.net™ está a preparar e de que vos falei aqui?


Pois bem, para além dessa, estão também a recrutar 2500 pessoas para experimentarem gratuitamente uma gama de cuidados capilares! Se querem ficar habilitadas basta estarem registadas na comunidade e responderem ao questionário aqui. Fica a dica!

Ter crianças em casa é... #24

A propósito da série Bem-vindos a Beirais.

Ela: Beirais existe?
Mãe: Hum... existe.
Ela: E estas pessoas moram mesmo lá?
Mãe: Não.
Ela: Então à noite as pessoas de lá têm que sair todas para irem estas, não é?

30.1.14

O livro que estou a ler #26 [Terminado]


Este é o segundo livro da saga de Bridget Jones e segue a linha do primeiro. Leve e de leitura fácil, achei-o mais divertido do que o anterior.

Filmes #85


August: Osage County - Um Quente Agosto


Mais um filme na corrida aos Óscares, desta vez para as categorias de Melhor Actriz Principal (Meryl Streep) e Melhor Actriz Secundária (Julia Roberts). O que vos posso dizer sobre o filme? Gostei muito. Gostei da história mas gostei ainda mais das interpretações. Que elenco de luxo, que interpretações maravilhosas! Aliás, se o filme não valesse por mais nada, valeria certamente pela Meryl Streep, que está absolutamente fantástica no seu papel! Arrisco-me a dizer, mesmo sem ter visto ainda qualquer dos outros nomeados para essa categoria, que ela é uma das favoritas ao Óscar de Melhor Actriz Principal.

29.1.14

E o escolhido da semana é... #112


... o nº 120 da Andreia.

Estava indecisa em relação a este verniz. Sabia que me apetecia uma cor diferente, um tom neutro e acabei por escolhê-lo por isso mesmo... mas sem certezas. Na verdade raras foram as vezes em que usei este verniz. Aliás, a acreditar no que registei aqui no blog, apenas o usei uma vez, há mais de dois anos. Assim que comecei a aplicar o verniz nem queria acreditar: estava em perfeitas condições, nada seco - tinha levado para perto de mim o óleo de banana, achava mesmo que iria precisar... mas enganei-me,estava com uma consistência óptima! - e com apenas uma camada conseguia exactamente a cor que aparenta na embalagem. Acabei por aplicar duas, mais por hábito do que por necessidade. A pouco e pouco fui-me apaixonando por este tom e estou na fase Adoro-o!-e-não-acredito-que-o-usei-tão-poucas-vezes.

28.1.14

Das coisas mais amorosas que vi nos últimos tempos


Que momento maravilhoso...!

Produtos acabados #31


Champô Re-Nutrition da Elvive: Gostei bastante deste champô. Limpa bem o meu cabelo sem o deixar demasiado seco.


Soro Fisiológico do Continente: Como vos disse na altura, comprei este produto para utilizar como tónico, uma vez que tinha ouvido essa sugestão num canal do YT e decidi experimentar. Não desgostei da experiência, mas não me parece que volte a comprar uma vez que a validade deste produto depois de aberta a embalagem é extremamente reduzida - 7 dias, se não estou em erro. Acabei por o utilizar até ao fim porque me custou deitá-lo fora com tanto produto lá dentro... Para além disso, noto que os tónicos deixam a pele mais limpa e fresca.

Creme de mãos da Neutrogena: Se procuram um bom creme de mãos, este é o ideal. Há anos que uso - apesar de ir utilizando outros pelo caminho -, já perdi a conta ao número de embalagens que usei e é realmente muito bom. Super hidratante, não deixa as mãos demasiado gordurosas e adequado a quem tem tendência a criar gretas nas mãos por causa do frio ou de produtos com que lida diariamente.


Pasta de dentes Sensitive Pro-Alivio, da Colgate: Não costumo mostrar este tipo de produtos, mas achei que este valia a pena. Eu andava com alguma sensibilidade dentária, não podia comer nada doce que lá vinha aquela dor. Chocolates então era um horror. Se calhar devia ter continuado assim... mas adiante. Entretanto experimentei esta pasta de dentes e o que é certo é que a sensibilidade se foi! Não vos sei dizer se resulta com toda a gente, como é óbvio, claro que devemos ir ao dentista para avaliar a causa da sensibilidade, mas deixo-vos a dica para o caso de quererem experimentar.

Hidratante Labial Carmex: Reparem bem no estado em que está por andar dentro da minha mala...! No início fiquei um bocadinho desapontada, talvez por ter as expectativas demasiado elevadas, fruto dos elogios que sempre lhe ouvi tecerem. Mas com o tempo esse primeiro impacto desapareceu e o que é certo é que gostei bastante dele. Hidrata bastante bem, apesar de não achar que é milagroso. Não tenho tendência a criar gretas nos lábios, mas aparecem-me algumas peles com frequência. Uma aplicação diária raramente era o suficiente, especialmente nos dias mais frios, pelo que o tinha sempre à mão, na mala ou ao pé do computador. Não sei se voltarei a comprar... talvez experimente mais um ou dois que tenho em vista antes de decidir.

27.1.14

O livro que estou a ler #23 [Terminado]


Contos de Natal, de Charles Dickens

Foi o primeiro contacto que tive com o autor e fiquei cheia de vontade de ler outras coisas dele. A escrita é muito boa, gostei particularmente do diálogo que vai mantendo com o leitor, na maior parte dos contos. Em relação aos contos propriamente ditos não adorei todos, mas posso dizer que gostei, no geral. Admito que, mais para o fim, já estava a ficar um bocadinho farta do livro, já estava com muita vontade de o terminar, talvez por ser um livro alusivo a uma época específica que entretanto já havia passado. Gostaria de deixar aqui a indicação dos dois contos que mais gostei, numa espécie de sugestão de leitura, quem sabe para o próximo Natal: A Christmas Carol (A Canção de Natal ou Um Cântico de Natal) e The Chimes (Os Carrilhões).

[engraçado como o universo por vezes nos dá esta possibilidade, de escolhermos ver o copo meio cheio ou meio vazio, de escolhermos lembrar o lado negativo ou o lado positivo deste dia; eu escolho a segunda hipótese; como poderia não escolher o amor?]

24.1.14

Filmes #84

Tinha os dois primeiros filmes na minha lista para ver, mas só quando o terceiro saiu é que percebi que estavam relacionados, que são, na verdade, uma trilogia. Uma trilogia com a particularidade de os filmes terem sido lançados com 9 anos de diferença entre eles: o 1º é de 1995, o 2º de 2004 e o último de 2013.


Before Sunrise - Antes do Amanhecer


Antes do Amanhecer é o primeiro. É onde as vidas destas duas personagens se cruzam e esta história começa. É um filme maravilhoso, com uma história simples, de um acaso da vida, mas muito bem conseguido, que vale sobretudo pelos diálogos. É, aliás, através deles que vamos conhecendo a Celine e o Jesse.


Before Sunset - Antes do Anoitecer


Antes do Anoitecer é o segundo filme e passa-se exactamente 9 anos depois do 1º, altura em que as personagens se voltam a encontrar. Na minha opinião é ainda melhor do que o anterior, dentro do mesmo género, com diálogos envolventes, salpicados de humor, e, mais uma vez,  interpretações excelentes.


Before Midnight - Antes da Meia-Noite


Antes da Meia-Noite é o filme que fecha a a trilogia, e, diga-se, que o faz com chave de ouro. É provavelmente o meu favorito dos três.

Esta trilogia entrou directamente para o top dos meus filmes favoritos de sempre. A ideia é maravilhosa: acompanharmos a vida destas duas pessoas assistindo apenas a 3 dias. O facto de o tempo real que separa os filmes corresponder exactamente ao tempo que separa esses dias na vida destas personagens torna a história ainda mais especial e faz-nos envolver ainda mais com as personagens. Eu vi agora os três filmes praticamente de seguida, mas acredito que tenha sido ainda melhor para as pessoas que os foram vendo na altura em que sairam, uma vez que também elas tinham passado esses anos e talvez se pudessem rever ainda mais nas personagens e na história que é contada.  Outro ponto forte dos filmes, tal como já referi, é o facto de se resumirem, sobretudo, ao diálogo entre estas duas pessoas (e que diálogos... interpretações maravilhosas!). É através destes diálogos que vamos percebendo o que aconteceu na vida deles e vamos sentido o que mudou neles enquanto pessoas. No fundo é disto que se trata, é o filme da vida. Da vida da Celine e do Jesse. E eu admito que, no fim, fiquei com aquela nostalgia e com saudade destas personagens...

Se ainda não viram, vejam! Mesmo!

23.1.14

Campanha L'Oréal Paris

Está em curso um questionário na comunidade youzz.net™ que visa recrutar 2500 mulheres para experimentarem gratuitamente um creme que promete ser revolucionário na área da cosmética de rejuvenescimento. 


Se ainda não estão registadas podem fazê-lo aqui (se me quiserem ajudar utilizem o meu código de convite: 335jxy27bt)e responder posteriormente ao questionário para se habilitarem a serem uma das escolhidas.

Fica a dica para quem estiver interessado. Boa sorte!

O livro que estou a ler #26


O Novo Diário de Bridget Jones, de Helen Fielding

Continuando nas leituras mais ligeiras porque ainda não terminei os Contos de Natal e depois de ter lido o primeiro volume o ano passado, vou agora ler este segundo livro da série.

22.1.14

Sugerindo... #4

Um projecto: Eu me chamo Antônio





[o autor chama-se Pedro Gabriel, filho de pai suíço e mãe brasileira, vive no Brasil desde os 12 anos; o projecto consiste, basicamente, em poemas desenhados em guardanapos de papel; segundo percebi, começou num blog - que tem a respectiva página de FB - e entretanto já virou livro; e eu estou perdidamente apaixonada por estes poemas, por esta ideia... deixo-vos algumas imagens para se apaixonarem também, mas vale a pena espreitar as páginas do autor]

Filmes #83


12 Years a Slave - 12 Anos Escravo


Foi o primeiro candidato a um Oscar deste ano que vi. É um filme duro, verdadeiro e revoltante. Ainda para mais quando sabemos que a escravatura de facto existiu e que este filme é baseado numa história real. Estive durante todo o filme com um aperto no peito. Fiquei com curiosidade de ler o livro e acho que toda a gente devia ver este filme!

21.1.14

Coisas de que eu gosto #17

Ando apaixonada por esta colecção Novos Clássicos, da Civilização Editora.


 São de capa dura e têm capas tão giras. O meu lado irracional diz para comprar todos, o lado racional diz para não ser parva e comprar apenas aqueles que ainda não tenho noutras versões e que vou realmente ler. Opá... quero todos!

E o escolhido da semana é... #111


... o nº 223 da Kiko.

Admito que esta não é a cor que mais gosto da minha colecção, mas estava com vontade de pintar as unhas com uma cor diferente, fugindo aos tons mais escuros que usei nos últimos tempos. É um tom acobreado, uma espécie de rosa velho metalizado, que consegue ficar relativamente discreto, apesar de acrescentar um bocadinho de cor. A vantagem dos vernizes da Kiko é realmente a facilidade de aplicação... Quando tenho pouco tempo ou estou sem paciência para estar muito tempo de volta das unhas, estes são, de facto, os vernizes ideais!

20.1.14


Por curiosidade fui ver quantos tinha agora.


...




E pois que vou em 606.

Filmes #82


Match Point


Acreditam que nunca tinha visto este filme do princípio ao fim? Já tinha visto algumas partes, apanhei-o umas quantas vezes na televisão, mas sempre achei que merecia ser visto na totalidade. Surgiu a oportunidade e achei que era uma boa altura para colmatar essa falha. E gostei bastante do filme! Mais um do Woody Allen que não desilude. Diz que existem paralelos entre este filme e a obra Crime e Castigo, de Dostoievski... terei pois que o rever depois de ler o livro.


Manhattan


Continuando com os filmes do Woody Allen. Em relação a este filme: se não gostam de filmes antigos, não vejam (este é de 1979); se não gostam de filmes a preto e branco não vejam; se não gostam do Woody Allen, não vejam. Agora, se ainda aqui estão, e eu espero que sim!, vejam o filme, vejam porque vale muito a pena! Manhattan é o pano de fundo para esta história que fala sobretudo dos relacionamentos humanos. Vale sobretudo pelos diálogos apesar de algumas referências me terem passado ao lado por falta de conhecimento da minha parte e é daqueles filmes que merece ser visto várias vezes. Tem o Woody Allen, a Diane Keaton - dizem que era a musa do Woody Allen na época -, a Meryl Streep, entre outros, e dizem que é um dos melhores se não o melhor  filmes dele.

17.1.14

E assim vai o mundo


E o escolhido da semana é... #110


...32 The Dark Knight, da Catrice.

É um roxo bem escuro, lindo, que vos mostrei no último post de compras. Não dá para verem a cor exacta, a luz não ajuda, mas estou completamente apaixonada por este verniz pelo que terei, certamente, mais oportunidades de o mostrar por aqui !

16.1.14

Portanto, e como fã de listas que sou...

Aqui ficam os filmes que quero ver até dia 2 de Março.

Golpada Americana
Capitão Phillips
O Clube de Dallas
Gravidade
Her
Nebraska
Philomena
12 Anos Escravo
O Lobo de Wall Street
Blue Jasmine
Um Quente Agosto
Os Croods
Gru: O Maldisposto 2
Ernest e Celestine
Frozen - O Reino do Gelo
Vidas ao Vento
O Grande Mestre
A Propósito de Llewyn Davis
The Invisible Woman
The Broken Circle Breakdown
The Great Beauty
The Hunt
Omar
A Rapariga que Roubava Livros
Ao Encontro de Mr. Banks
Antes da Meia-Noite

São 26 filmes.
Vou riscando à medida que for vendo.

E os nomeados para os Óscares de 2014 são...

MELHOR FILME 
«Golpada Americana»
«Capitão Phillips»
«O Clube de Dallas»
«Gravidade»
«Her»
«Nebraska»
«Philomena»
«12 Anos Escravo»
«O Lobo de Wall Street»

MELHOR REALIZADOR
David O. Russell - «Golpada Americana»
Alfonso Cuarón - «Gravidade»
Alexander Payne - «Nebraska»
Steve McQueen - «12 Anos Escravo»
Martin Scorsese - «O Lobo de Wall Street»

MELHOR ACTOR PRINCIPAL
Christian Bale - «Golpada Americana»
Bruce Dern - «Nebraska»
Leonardo DiCaprio - «O Lobo de Wall Street»
Chiwetel Ejiofor - «12 Anos Escravo»
Matthew McConaughey - «O Clube de Dallas»
 
MELHOR ACTOR SECUNDÁRIO
Barkhad Abdi - «Capitão Phillips»
Bradley Cooper - «Golpada Americana»
Michael Fassbender - «12 Anos Escravo»
Jonah Hill - «O Lobo de Wall Street»
Jared Leto - «O Clube de Dallas»

MELHOR ACTRIZ PRINCIPAL
Amy Adams - «Golpada Americana»
Cate Blanchett - «Blue Jasmine»
Sandra Bullock - «Gravidade»
Judi Dench - «Philomena»
Meryl Streep - «Um Quente Agosto»

MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA
Sally Hawkins - «Blue Jasmine»
Jennifer Lawrence - «Golpada Americana»
Lupita Nyong'o - «12 Anos Escravo»
Julia Roberts - «Um Quente Agosto»
June Squibb - «Nebraska»

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
«Os Croods»
«Gru - O Maldisposto 2»
«Ernest e Celestine»
«Frozen - O Reino do Gelo»
«Vidas ao Vento»

MELHOR FOTOGRAFIA
«O Grande Mestre» - Philippe Le Sourd
«Gravidade» - Emmanuel Lubezki
«A Propósito de Llewyn Davis» - Bruno Delbonnel
«Nebraska» - Phedon Papamichael
«Raptadas» - Roger A. Deakins

MELHOR GUARDA-ROUPA
«Golpada Americana» - Michael Wilkinson
«O Grande Mestre» - William Chang Suk Ping
«O Grande Gatsby» - Catherine Martin
«The Invisible Woman» - Michael O'Connor
«12 Anos Escravo» - Patricia Norris

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
«The Broken Circle Breakdown», Bélgica
«The Great Beauty», Itália
«The Hunt», Dinamarca
«The Missing Picture», Cambodja
«Omar», Palestina

MELHOR CARACTERIZAÇÃO
«O Clube de Dallas»
«Jackass Presents: Bad Grandpa»
«O Mascarilha»

MELHOR BANDA SONORA
«A Rapariga que Roubava Livros», John Williams
«Gravidade», Steven Price
«Her», William Butler e Owen Pallett
«Philomena», Alexander Desplat
«Ao Encontro de Mr. Banks», Thomas Newman

 MELHOR MÚSICA 
«Alone Yet Not Alone» - «Alone Yet Not Alone»
«Happy» - «Gru: O Maldisposto 2»
«Let It Go» - «Frozen: O Reino do Gelo»
«The Moon Song» - «Her»
«Ordinary Love» - «Mandela: Longo Caminho para a Liberdade»

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO
«Antes da Meia-Noite»
«Capitão Phillips»
«Philomena»
«12 Anos Escravo»
«O Lobo de Wall Street»

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL
«Golpada Americana»
«Blue Jasmine»
«O Clube de Dallas»
«Her»
«Nebraska»


Agora é tentar vê-los todos até dia 2 de Março!

O livro que estou a ler #25 [Terminado]


Os Jogos da Fome: Livro I

Dentro do género em que se insere, posso dizer que gostei do livro. Tem uma escrita simples de leitura rápida, própria dos livros juvenis e a história é cativante e diferente. Não fiquei completamente rendida, mas acredito que o ficaria se fosse um livro para adultos, com uma profundidade diferente, tanto em relação à história como às personagens. Fiquei surpreendida em relação ao final - e é sempre bom quando os livros não são totalmente previsíveis. 

Estou curiosa em relação ao desenrolar da história nos próximos livros.

14.1.14

Oportunidade Wook

http://www.wook.pt/ficha/a-menina-que-fazia-nevar/a/id/15344572#/?a_aid=52a731160b95c


http://www.wook.pt/ficha/a-rapariga-e-o-espelho/a/id/10995303/?a_aid=52a731160b95c

Fica a dica para quem estiver interessado!

Resoluções Literárias para 2014 [TAG]

Vi esta TAG no blog little house of books, sendo que foi criada pela dona do canal CharrsNewChapter, e achei-a tão interessante que resolvi responder também. 

Portanto, sem mais demoras, aqui vão as 12 perguntas e as minhas respostas.

1. Um autor que nunca leste e queres ler.

Jane Austen
 [Tenho muita curiosidade em relação a esta autora que tanta gente admira.]

2. Um livro que queres muito ler.


Um Dia, de David Nicholls

3. Um clássico que queres ler.


1984, de George Orwell

4. Um livro que queres reler.

Não sou muito de reler livros... a minha lista to-read é demasiado extensa para isso. Mas ainda assim, a ter que escolher um, optava pelo Harry Potter e os Talismãs da Morte, mas desta vez em português.


5. Um livro que tens há séculos e queres finalmente ler.


Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf

[Já o tinha em casa há muito tempo, mas só recentemente o descobri, enquanto andava a fazer arrumações. Infelizmente a minha versão não tem esta capa linda.]

6. Um livro gigante que queres ter a coragem para ler.


Os Miseráveis, de Victor Hugo

7. Um autor que já leste e queres voltar a ler.

J. K. Rowling
[Mas desta vez um livro para adultos.]

8. Um livro que te ofereceram no Natal e que queres ler.

 Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll

9. Uma série que queres ler, do primeiro ao último livro.


Trilogia Os Jogos da Fome, de Suzanne Collins
[Aliás, já estou a ler o primeiro, como vos disse...]

10. Uma série que já começaste e queres terminar.



Trilogia O Século, de Ken Follet

[O primeiro já li, o segundo está na estante para ler e o terceiro diz que sai este ano... Aguardemos.]

11. Quantos livros queres ler em 2014?

25.

12. Mais algum objectivo literário que queiras partilhar?

Apenas dois: tentar ler mais livros em inglês e ler 5 autores que nunca li, para além da Jane Austen, lista essa que aparecerá num post brevemente.

13.1.14

Filmes #81


Os primeiros de 2014.


 Don  Jon


Fiquei de olho neste filme logo que saiu no cinema. Assim que tive oportunidade aproveitei para o ver. E não desiludiu! Uma comédia romântica que não é mais do mesmo. Não será nenhuma pérola cinematográfica, mas dentro do género é um bom filme, diferente e bem engraçado. Para além disso, adorei o Joseph Gordon-Levitt neste filme.

Little Children - Pecados Íntimos


Passando para um género totalmente diferente, este filme é de 2006 e, apesar de já ter visto o trailer há uns anos - e de ter ficado logo com vontade de ver o filme -, só o vi agora, nem sei muito bem por quê. E gostei muito do filme! Muito mesmo. São vários personagens, várias histórias - das quais se destacam duas em particular - com um ponto  comum: todos cometem erros, todos têm os seus pecados íntimos. As personagens estão bem construídas, os papéis bem desempenhados, e muitas vezes fiquei indecisa quanto ao que sentia em relação a cada uma delas... Se ainda não viram aconselho... muito!

10.1.14

Já vos disse...


... que falta menos de um mês para o meu aniversário? 

Não? 
 
Era só isto então.

E o escolhido da semana é... #109

Ou os escolhidos dos últimos tempos...


... o Princesses Rule!, da colecção XXXL shine multi dimension da Essence:

um verniz bem clarinho, cheio de pequenos brilhantes, perfeito para quando não queremos ter as unhas sem nada ou apenas com um verniz transparente, mas quando nos apetece descansar dos vernizes escuros ou mais coloridos;


... um verniz vermelho da Marie Lluy e o verniz dourado do kit da Primark:

aproveitando as festividades, apeteceu-me fazer uma coisa diferente;


... o 275 da Kiko:

apetecia-me mesmo mesmo usar este verniz. Confesso que até gosto mais de o ver assim, quando as unhas estão um pouco mais compridas.

E por aí, como andam as vossas unhas?

9.1.14

Decisions, decisions...


O livro que estou a ler #25


Os Jogos da Fome, de Suzanne Collins

O interesse em torno desta trilogia e dos respectivos filmes despertou a minha curiosidade e deu-me vontade de ler a história, apesar de ter noção de que se tratam de livros YA. Mas, como procuro ser pouco preconceituosa com os livros  e gosto de ler para poder formar a minha opinião, afirmando se gosto ou não gosto e as minhas razões para tal, aqui estou eu! Nunca vi os filmes mas tenho uma ideia do que se vai passar. Vamos ver se também me rendo...

8.1.14

Details #16


Mala e anel: Parfois (antigos)

Novidades literárias [Wook] #1

Ficam aqui algumas novidades que eu não me importava nada de ter na minha estante.

http://www.wook.pt/ficha/o-lobo-de-wall-street/a/id/15344573/?a_aid=52a731160b95c

O Lobo de Wall Street, de Jordan Belfort (17,91€): O filme saiu no cinema há relativamente pouco tempo e, assim que vi o trailer, fiquei com vontade de o ver. Quando vi o livro, a reacção foi idêntica. Num resumo muito genérico, e de acordo com a sinopse, este livro é uma autobiografia de um jovem corrector da bolsa que nos anos 90 conseguiu manipular o mercado bolsista e ganhar uma enorme fortuna.

http://www.wook.pt/ficha/guerra-e-paz/a/id/15333787/?a_aid=52a731160b95c

Guerra e Paz: Volume I, de Lev Tolstoi (25,21€): Aqui está um daqueles clássicos da literatura que dizem que toda a gente deve ler. Está, portanto, na minha lista to-read.

http://www.wook.pt/ficha/traicao/a/id/15249233/?a_aid=52a731160b95c

Traição, de Jason Matthews (15,93€): O nome chamou-me a atenção e lendo a sinopse por alto percebi que se trata de um romance de espionagem. Como regra geral gosto deste género de livros vou ficar com ele debaixo de olho!

www.wook.pt/ficha/o-jogo/a/id/15309104/?a_aid=52a731160b95c

O Jogo, de Anders de La Motte (14,94€): Há livros assim, que simplesmente pelo título ou pela capa nos cativam e nos obrigam a ler a sinopse sim, eu digo que vou deixar de ler sinopses, mas grande parte das vezes não consigo resistir... resta-me torcer para não descobrir nada que me possa estragar a leitura. E fiquei muita curiosa! Parece-me um thriller bem diferente dos que já li!