2.10.15

O livro que estou a ler #77 [Terminado]



Antes de mais devo dizer que o facto de ter escolhido este livro não se deveu nem ao título, nem à capa, nem a nada que soubesse dele; na verdade até acho o título e a capa muito pouco apelativos e não fazia ideia do que tratava a história. O que me fez escolher este livro foi sim o facto de ter lido, há algum tempo, um livro desta autora que me surpreendeu bastante e que me deixou cheia de vontade de ler outras coisas dela... Este era o único disponível na biblioteca quando lá fui e portanto foi o que veio comigo.

Logo nas primeiras páginas comecei a torcer o nariz: estava a achar tudo um bocadinho confuso, a história e a forma como estava a ser contada não me estavam a cativar, não conseguia sentir qualquer empatia por praticamente nenhuma personagem... Mas detesto deixar livros a meio e dei-lhe uma oportunidade: tenho sempre esperança que, a dada altura, a coisa melhore e me surpreenda pela positiva! 

Infelizmente isso não aconteceu com este livro: gostava de ter gostado, mas a história continuou sem me conseguir cativar e a leitura foi-se arrastando, com muito esforço, ao longo das mais de 300 páginas. 

Posto isto a única coisa que vos posso dizer é que se nunca leram nada da Jodi Picoult, não comecem por este livro! Até a mim, que tinha gostado bastante do outro livro dela - Dezanove Minutos -, me deixou com menos vontade de ler outros...

2 comentários:

Green disse...

Boas leituras :)

м♥ disse...

Deste, particularmente, também não gostei muito. Mas é a minha autora preferida, adoro os livros dela (neste momento ando a arrastar um - não que não seja bom, mas a minha vontade para leituras anda pelas ruas da amargura). Já só me faltam ler 3 dela!