27.11.15

Ter crianças em casa é... #38

...perceber a praticidade das crianças em certos assuntos. 

Ora atentem na conversa que se estabeleceu cá por casa num destes dias:

Ela - O meu namorado é o M. e o suplente é o G.
Eu (com um ar bastante surpreendido, diga-se de passagem) - Suplente...?!
Ela - Sim, para quando o M não está...

Confesso, fiquei sem saber o que dizer.

É caso para dizer: quem está está, quem não está... estivesse!

2 comentários:

Maria do Mundo disse...

Ou como diria o outro "Só faz falta quem está"! As minhas filhas também têm assim saídas dessas.

Green disse...

Ahahahahah