30.12.15

2015 em livros

Não atingi a meta a que me propus. Queria ler 50 livros, fiquei-me pelos 29. Claro que queria ter conseguido lá chegar, mas não é coisa que me tire o sono. 

Alguns desses livros fui mostrando por aqui, outros não.

Fica aqui o balanço final, com a ajuda do Goodreads.

Li, portanto, 29 livros, o que correspondeu a 6221 páginas.

O livro mais pequeno que li - e que na verdade é um conto, da colecção de contos digitais que o Diário de Notícias lançou há uns anos - foi A Porrada, de Mário de Carvalho (que, já agora, não aconselho nada, dei-lhe apenas uma estrela...). O maior foi o Em Parte Incerta, da Gillian Flynn, com 520 páginas (e do qual vos falei aqui).

A média de páginas por livro foi 215.

Em relação à popularidade dos livros que li, o mais conhecido foi mesmo o Em Parte Incerta, que, segundo o Goodreads, já foi lido por mais 1 277 330 pessoas. O menos conhecido foi John Lennon Nunca Morreu e Outros Contos Fantásticos, de Catarina Coelho, um livro de contos de uma autora portuguesa (ao qual dei 3 estrelas), e que foi lido por mais 19 pessoas.

Ainda segundo o Goodreads, a média das classificações que atribui aos livros que li este ano foi de 3,6 estrelas, o que não me parece nada mau.

De todos os livros que li, o que tem a maior classificação no Goodreads é Babilónia e Sião, de Francisco Roiz, com uma fantástica média de 4,5 estrelas. Foi de facto um livro que me surpreendeu bastante e enche-me de orgulho por saber que é de um autor português!

Quanto aos livros de que mais gostei este ano, destaco três:







Outras curiosidades:

dos 29 livros que li, 14 foram de autores que escrevem em Língua Portuguesa, o que me parece um número bastante simpático;

9 foram escritos por mulheres e os restantes por homens;

17 foram de autores que nunca tinha lido - uma série de estreias, portanto! (dos quais destaco Ondjaki, de que falei aqui, e que me deixou com muita vontade de ler os restantes livros que tem publicados).


Não posso, portanto, dizer que tenha sido um ano mau em termos de leituras... Não foi tão produtivo como esperei, admito, mas ainda li muitas coisas boas, que no fundo é o que realmente importa!


E por aí, como correram as leituras do ano? Qual o livro - ou autor - que mais vos surpreendeu? Qual o livro que mais gostaram e que me aconselham?

29.12.15

Pequeno-almoço típico pós-Natal

Bolo rei torrado.

28.12.15

E pronto...

 
... já passou mais um Natal.

E espero que o vosso tenha sido tão bom como o meu!! ♥

24.12.15

Feliz Natal ♥

 
Quando era pequenina por este dia já sabia tudo o que estava debaixo da árvore de Natal! Nas manhãs de fim-de-semana que antecediam o Natal, levantava-me cedo, para ir ver os desenhos animados - naquela altura em que não havia cá por casa Canal Panda e outros semelhantes e em que se queria ver desenhos animados só mesmo àquela hora! - e, estando os meus pais ainda a dormir, aproveitava para ir espreitar os presentes que tinham o meu nome. Apalpava, abanava... e se ainda assim não conseguisse perceber o que era, desembrulhava devagar, com muito cuidado para não rasgar nada, espreitava o que estava lá dentro, e voltava a pôr tudo como estava, como se ninguém lhe tivesse mexido. (era a única?!)

Apesar disto, o dia 24 não era menos emocionante: acordava cedíssimo, com a sensação de que tinha finalmente chegado o dia, e passava-o numa ânsia de que chegasse a meia-noite. O dia parecia ter o dobro das horas! Ajudava na cozinha, a fazer as filhoses - ou a prová-las, para ser mais verdadeira -, jogava jogos com os pais, tios, primos e quem mais quisesse, entretinha-me como podia, divertia-me imenso... mas aquela ansiedade de que chegasse a hora só desaparecia mesmo quando alguém dizia - já depois de eu ter perguntado tantas vezes se ainda faltava muito - que era, finalmente, hora de abrir os presentes!

Hoje o Natal é completamente diferente dessa época. Já não espreito os presentes como fazia - e só sei mesmo o que são aqueles que fui eu a escolher -, já não tenho vontade que a meia-noite chegue o mais rapidamente possível, pois o dia parece ter, não o dobro, mas metade das horas! A reunião familiar infelizmente já não é tão grande, mas ainda assim é um dia que adoro e que gosto de aproveitar muito bem, em família. Um dia em que dou valor à paz, à calma, a quem está presente, em que procuro desfrutar dos pequenos momentos e aproveitar o dia ao máximo... no fundo tal como nos restantes dias do ano, com a diferença de que podemos parar, relaxar e simplesmente estar juntos.

Espero, portanto, que o vosso Natal tenha tudo isto: paz, amor, saúde, alegria, as pessoas que amam, dias em família, gargalhadas e momentos daqueles que guardamos para sempre no coração!

Um Feliz Natal para todos.

23.12.15

O livro que estou a ler #80 [Terminado]



 Gostei deste livro, mas parece-me que tinha ganho mais se fosse mais curto... Acho que as 468 páginas foram demais para a história que conta.

22.12.15

Agora sim...

 
... parece que está mesmo a chegar o frio!

Que, convenhamos, combina lindamente com o Natal.

Agenda 2016: procura-se!



Pois é, o ano está a terminar, um novo prestes a começar... e eu aqui sem agenda ainda.

Todos os anos procuro, procuro... e mesmo que acabe sempre por comprar uma, nunca encontro nenhuma que seja realmente aquilo que queria.

Não peço muito, na verdade: gosto de agendas com uma capa relativamente resistente - daquelas que dá para meter dentro da selva que é a minha mala sem começar a estragar-se a meio do ano -, de preferência com um elástico que a mantenha fechada - porque já sei que acabo sempre com papéis lá no meio -, e que tenha espaço para escrever - que eu  escrevo muito, faço muitas listas, vários assuntos, e gostava de ter tudo reunido no mesmo sítio em vez de andar com uma série de blocos atrás...! Ah, e que não custe os olhos da cara, já agora.

Alguma sugestão? Avistaram alguma que cumpra estes requisitos?

Fico desde já muito agradecida!

21.12.15

Dos últimos dias

Souberam a fim-de-semana prolongado, por causa de uns dias de férias que o meu namorado teve na semana passada. Tempo para passear, para ficar por casa, para ver uns filmes, para namorar... Tão bom!

Ainda dei um pulinho ao centro comercial, para procurar umas coisas que queria comprar para mim - queria... porque não encontrei nada do que estava a pensar! -, e soube-me tão bem entrar lá, nesta altura do ano, com a tranquilidade de quem já tinha tudo comprado... Quem me acompanha há mais tempo sabe que eu sou daquelas pessoas que se atrasa sempre com os presentes, já cheguei a ir comprar coisas na véspera de Natal, num stress sem fim, e portanto adorei esta nova experiência. Definitivamente é para repetir! Espero lembrar-me disto para o ano que vem.

 E as temperaturas que têm estado? Por muito que goste de poder sair sem casacos daqueles bem grossos atrás, sem cachecóis e luvas e o que mais houver, não posso deixar de estranhar temperaturas a rondar os 17 ºC à noite... em Dezembro... praticamente em pleno Inverno, portanto!

15.12.15

E o escolhido da semana é... #182


... 32 The Dark Knight, da Catrice.

É um roxo bem escuro. Um tom que adoro usar!

14.12.15

O espírito de Natal ainda não está totalmente instalado, mas...


... a árvore está montada (desde o início do mês, na verdade), e eu adoro ter as luzinhas ligadas à noite;


... já começaram a aparecer alguns presentes debaixo da árvore;


... já estou a preparar o - já da praxe - passeio pela Baixa para ver as iluminações de Natal;


... já tive um jantar de Natal;


... e já abri a época dos Ferrero Rocher!

Conclusão: mais cedo ou mais tarde, a coisa dá-se!

11.12.15



A vida dá voltas, troca-nos as voltas, baralha os nossos planos, põe-nos à prova, faz-nos passar por coisas que nunca pensámos para nós... 

Mas depois chegamos a determinados momentos e perante certas situações percebemos que aquele caminho que julgávamos para nós, aquele percurso que tínhamos gostado que tivesse sido o nosso nunca dificilmente nos teria permitido chegar ali, naquelas condições, e obter aquilo que agora é possível.

10.12.15

E o escolhido da semana é... #181


... Bordeaux, da Essie.

[Sim, ultimamente ando um bocadinho repetitiva no que toca a vernizes...]

8.12.15

E quando a TPM aperta...

  
... não me consigo livrar daquela sensação de "preciso de comer já uma gordice!" e, dependendo do dia, tem que ser doce ou salgada. Já experimentei resistir a esta gula, mas regra geral o resultado não é bonito: ou acabo por ceder e acabo a comer quase todas as porcarias que tenho em casa ou chego à hora da refeição e só me apetecem coisas muito muito calóricas! Ainda assim, tento contornar a coisa da melhor forma possível, esperando que o estrago não seja grande.

Num destes dias, em que precisava urgentemente de algo doce, saiu um bolinho de banana feito na caneca, no microondas. E não é que resultou?!

7.12.15


Já comprei 2 presentes de Natal (ou 1 e meio, vá) e já tenho ideias para os que faltam.

Pensamento positivo: já não falta tudo!

4.12.15

Contem-me tudo! #22


Digam-me lá o que é que já compraram para oferecer no Natal às vossas pessoas, que estou mesmo mesmo a precisar de ideias e dicas!!

Fico-vos desde já agradecida.

[Por aqui andamos assim]

Não estou mentalizada de que estamos em Dezembro. 
Na verdade nem queria nada que já fosse Dezembro. 
Não me apetece que chegue já o Natal. 
 E ainda me apetece menos que o ano acabe já. 

Precisava de pelo menos mais um mês aqui pelo meio.
Mas em vez disso só tenho tido dias que passam à velocidade da luz...

3.12.15

WOOK&FOX: livro da semana #10

 

"Tony Ferrasa é um compositor porto-riquenho, lindo, rico e com êxito. Ruth é uma jovem que com apenas vinte e dois anos teve de tomar a cargo a irmã recém-nascida e um irmão delinquente. Pouco a pouco ambos vão entrando numa relação que acaba por desvendar que o que sentem um pelo outro é muito mais intenso do que estão dispostos a admitir."

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nunca li nada desta autora e esta sinopse também não me deixou particularmente curiosa.

No entanto sei que é uma autora com bastantes admiradores... Alguma fã por aí?

2.12.15

Filmes #130



Star Wars - Episode I: The Phantom Menace - Guerra das Estrelas - Episódio I: A Ameaça Fantasma

Já vi mais um e, a par do anterior (da ordem em que saíram, que foi a que escolhi), é o meu favorito até ao momento. 

Tenho que me despachar, que dia 17 chega aí num instante!

1.12.15

E o escolhido da semana é... #180



... Really Red, da Essie.

Dos meus tons favoritos de todos os tempos. Nunca me canso de usar.